PRESERVAR É NOSSO DEVER

Minha foto
MESTRE EM ENGENHARIA URBANA E AMBIENTAL NA ÁREA DE SANEAMENTO AMBIENTAL PELA UFPB, ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL,QUÍMICA INDUSTRIAL E LICENCIADA EM QUÍMICA PROFESSORA DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA DA DISCIPLINA QUÍMICA.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Poluição da água do ar

A água pode ser sólida, liquida e gasosa, na forma de vapor, 70% de um ser vivo é feito dela. É indispensável em toda as casas e na indústria. Foi o berço da origem da vida; é a substância que mais substâncias dissolve. Está nos rios, nos lagos, nos mares, nos pólos e até no ar. Ela constitui um dos recursos vitais para todos os seres vivos, nos quais desempenha múltiplas funções de extrema importância. O homem pode suportar mais de uma semana sem comer, mas sem beber água sucumbirá ao fim de 4 a 5 dias.Cada ser humano bebe, em média, de 2 a 3 litros de água por dia, o que quer dizer que o seu corpo é atravessado por cerca de uma tonelada de água por ano.
O ar é importante para os seres vivos, principalmente para nós seres humanos. Utilizamos seu oxigênio na respiração, aproveitamos sua energia para diversos fins, utilizamos sua pressão e outras propriedades.O ar, tal como a água e o solo, é um recurso indispensável à vida na Terra. Através de ciclos naturais, os seus constituintes são consumidos e reciclados. A atmosfera tem assim uma certa capacidade depuradora que, em condições naturais, garante a eliminação dos materiais nela descarregados pelos seres vivos.

O desequílibrio deste sistema natural "auto regulador" conduz à acumulacão na atmosfera de substâncias nocivas à vida, fazendo nascer a necessidade de uma ação de prevenção ou de saneamento artificial que, conforme os casos, seja capaz de assegurar a manutenção da qualidade do ar.

Tem-se assim, por um lado, um sistema natural estável e auto-depurado e por outro um sistema artificial, porque contêm elementos introduzidos em resultado da ação do Homem, o qual é necessário vigiar e gerir, isto é conservar.
Quando despejamos os esgotos das casas nos rios e nos lagos, não estamos apenas tornando a água imprestável para nosso consumo. Estamos também contribuindo para acabar com a vida existente nessa água. Os microrganismos que nela vivem normalmente encaram o material que vem do esgoto como um banquete maravilhoso, que nunca acaba. A fartura de alimento faz com que eles se multipliquem excessivamente. Para se reproduzir tanto assim, os microrganismos precisam de muito gás oxigênio, que retiram do ar dissolvido na água.Depois de algum tempo, o oxigênio da água acaba. Os microrganismos começam a morrer e , junto com eles, todas as outras formas de vida que havia antes na água, inclusive plantas e animais aquáticos. O rio, o lago ou a represa estão mortos.
Nenhum ser vivo criou tantos veículos diferentes nem viajou tão longe no espaço como nós já fizemos. E nenhum conseguiu mudar tanto o ambiente a seu favor. Temos de nos dar os parabéns. Mas também temos de nos dar um bom puxão de orelhas, pois nenhum outro ser vivo sujou tanto a superfície da Terra, a água e, principalmente, o ar.

OS POLUENTES DO AR: Dizemos que o ar está poluído quando ele contém em grandes quantidades gases ou partículas, sólidas ou líquidas, que podem fazer mal aos seres vivos.
POLUIÇÃO NATURAL: Quase sempre os poluentes do ar são produzidos por atividades humanas. Mas às vezes eles também podem ter origem natural. Este é o caso das nuvens de poeira geradas pelo vento em regiões com pouca vegetação; dos gases, das cinzas e das poeiras produzidos pelos vulcões em erupção e dos gases produzidos por seres mortos e em decomposição.


POLUIÇÃO CAUSADA PELO SER HUMANO NO CAMPO... Fora das cidades, os poluentes do ar mais comuns são os venenos borrifados nas plantações pelos lavradores e as poeiras geradas por mineração e por práticas agrícolas como a aração de solos secos com trator. Mas também as queimadas têm aumentado a poluição do ar fora das cidades.


...E NAS CIDADES: Nas cidades, os principais responsáveis pela poluição do ar são as partículas e os gases tóxicos lançados na atmosfera por fábricas, nossas usinas termelétricas (que fazem energia elétrica a partir do carvão mineral) e pelos motores dos nossos aviões, carros, ônibus, trens, motos e caminhões, que vêm queimando cada vez mais os combustíveis fósseis (gasolina,óleo diesel, querosene de aviação). Além dos problemas que causam aos seres vivos diretamente, quando penetram em seus organismos, esses poluentes podem junta-se a alguns componentes naturais do ar e com eles formar novos compostos, às vezes ainda mais nocivos do que os originais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...