PRESERVAR É NOSSO DEVER

Minha foto
MESTRE EM ENGENHARIA URBANA E AMBIENTAL NA ÁREA DE SANEAMENTO AMBIENTAL PELA UFPB, ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL,QUÍMICA INDUSTRIAL E LICENCIADA EM QUÍMICA PROFESSORA DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA DA DISCIPLINA QUÍMICA.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

IMPORTÂNCIA DA QUÍMICA PARA O MEIO AMBIENTE

A partir da década de 60 o mundo foi tomado por uma nova ordem. A informação transformou nosso planeta em um sistema único e cada vez mais integrado. Quando vimos a primeira fotografia do nosso planeta tirada de uma nave espacial, descobrimos que a Terra é azul, flutuando no espaço. Descobrimos também o perigo dos pesticidas, do lixo urbano e industrial e que nosso ar estava se tornando cada vez mais poluído. O modelo econômico, mostrava-se claramente sua capacidade de destruição do nosso Planeta. Além, disso a indústria química era vista como um mero transformador dos recursos naturais para o consumo humano sem se importar com os rejeitos impactantes ao meio ambiente.
Embora com toda a informação e discussão sobre as questões ambientais ainda ocorrem muita desinformação ou contra-informação, o que às vezes dificulta a escolha da melhor opção preventiva ou mesmo paliativa para o problema. Parte desta desinformação pode ser atribuída a um erro histórico dos químicos. Há quatro décadas, quando deixou-se a sociedade sem respostas quando se questionaram, por exemplo, os riscos inerentes ao uso do DDT, dos metais pesados e da emissão de gases causadores de efeito estufa, dentro outros. Vem dessa época também a disseminação de um sentimento de associar a química com o impactante, o nocivo, o sintético (não-natural).
Os avanços da química impactaram, por outro lado, em grandes benefícios para o ser humano, como mostra, no Brasil, os dados do recentes do IBGE. A expectativa de vida do brasileiro passou de 43,3 anos, na década de 50, para 68,1 aos em 1998. Para exemplificar alguns avanços da química: na área de saneamento ambiental e processos de desinfecção de água, ao aumento e diversificação da produtividade agrícola à custa de insumos químicos, bem como da bioquímica, que serve como base da medicina preventivas, desenvolvendo vacinas e novas drogas que aumentam a nossa longevidade. Assim em uma análise centrada em risco/benefício, os químicos podem se sentir muito à vontade para afirmar que suas contribuições têm sido crucial para a melhoria da qualidade de vida no planeta. No entanto, ainda há questões sem respostas, com por exemplo, qual a exatidão e magnitude do efeito estufa e quais suas consequências. Ou ainda, não se tem respostas sobre a toxicidade de todas as novas moléculas que são produzidas.
Cabe a todas as Disciplinas de estudo promover a qualidade de vida de toda a humanidade e respeitando e preservando todas as formas de vida do Planeta.
Mesmo com todos os avanços na área da ciência, ainda vemos grandes populações privadas de algumas tecnologias básicas.E daí encontramos um mundo com grandes injustiças sociais, e países sendo classificados como "desenvolvidos" ou "subdesenvolvidos" ou ainda em "desenvolvimento". A grande reflexão que nós químicos devemos fazer é o quanto temos contribuído para intensificação dessas desigualdades e o que podemos fazer para reversão dessa situação. E daí talvez consigamos enxergar através das vidraças do laboratório uma população e um ambiente que precise cada vez mais de nós.
A importância da Química é cada vez mais crescente para o meio ambiente. Encontrar soluções para o paradigma entre a necessidade de consumo dos recursos naturais e sua preservação é um dos papéis importantes da Química de hoje. Alguns exemplos da atuação da Química, pode-se citar como a produção de produtos biodegradáveis, recuperação de rios poluídos, a reciclagem de resíduos, o tratamento de esgotos e outros.
Fonte: http://www.cienciaquimica.hpg.com.br/quimicameioambiente.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...